Vocabulário

ENRIQUECENDO O VOCABULÁRIO

Preparar o enxoval do bebê é uma curtição! Tudo de criança é fofíssimo e dá vontade de ter! Mas nesse ponto vale a pena “se segurar” até pelo menos depois do chá, pois você deverá ganhar muitas coisas!

O Pedro foi o primeiro neto dos meus pais e o primeiro bebê depois de um longo intervalo de tempo em toda a nossa família; na família do Diego foi o primeiro neto gurizinho dos meus sogros, então vocês podem imaginar o monte de presentes que ganhou!

No entanto chegou uma hora que eu tive que parar e ver as listas de enxovais para ter que idéia do que eu já tinha e do que eu precisava comprar. Consultei algumas amigas que já haviam se aventurado antes nesse ofício de ser mãe e logo logo minha caixa postal já tinha um bom número de listas de tudo que é “imprescindível” para a chegada do bebê.

Foi nesse momento que eu vi que não sabia nada, os nenês precisam de cada coisa que você jamais vai imaginar antes de ter um!  Aprendi também que nem português eu sabia direito e que meu vocabulário não era apenas pobre, era paupérrimo, pois váaaarias palavras eu sequer tinha ouvido falar antes. Então me achei a última das criaturas, uma ignorante desinteressada dos assuntos da maternidade, que reagia com uma cara de surpresa ao ouvir (e ler) coisas como “mijãozinho” e “cueiro”, entre outras tantas…

Por isso resolvi corrigir isso e ir atrás do tempo perdido, consultando as amigas e – como sói poderia ser – o Dr. Google para fazer esse mini-dicionário que aqui apresento e espero que seja útil às futuras mamães ignorantes desse “mundo do enxoval do bebê”, como um dia eu fui. Se você jogar estas palavras no Google provavelmente vai encontrar o mesmo que eu encontrei e que listo abaixo.

*** O QUE É MIJÃOZINHO???

Preste muita atenção! Existem duas coisas distintas: o pagãozinho e o mijãozinho. A melhor definição é das “motherns”

Mijãozinho: é só a calça comprida com ou sem pezinhos.

Pagãozinhos: são conjuntinhos que já vem o mijãzinho, uma blusinha sem manga por dentro, uma blusinha com manga por fora, um par de luvinhas e um par de meias.

Conjuntos de pagão: são compostos por uma camiseta regata, um casaquinho e uma calça de malha. Assim como o cueiro, era peça fundamental nos enxovais antigo. Hoje, body e culote
juntos cumprem a mesma função e são mais práticos.

Pode-se usar o mijãozinho como conjunto pagão, com os bodies ou blusinhas avulsas.

*** CUEIRO (Receiving Blanket): esta palavrinha medonha nomina uma coisa gostosa, a manta de flanela de algodão! Antigamente o cueiro era muito popular por causa do costume das mamães usarem o cueiro para enrolar o bebê. Com o passar do tempo, o cueiro foi perdendo esta função, embora atualmente este uso específico tem ganhado cada vez mais fãs para fazer o famoso “rolinho” ou “charutinho” com o bebê, principalmente entre enfermeiras de várias maternidades. Mas este ítem do enxoval tem outras utilidades, por isso ele nunca perdeu sua vaga na lista do enxoval do bebê. Uma vantagem interessante é o fato do cueiro proteger o bebê de mantas ou xales que poderiam causar alergia no bebê. Explicação: o cueiro pode ser usado para forrar (colocar sobre) mantas ou xales feitos de materiais como, por exemplo, lã ou soft. Assim, evita-se o contato da pele delicada do bebê com estas fibras e a mantas quentinhas podem ser usadas tranquilamente. Outra coisa legal do cueiro é ser usado como manta mesmo. Por ser de tecido flanela, o cueiro é ótimo também para proteger o bebê contra o vento.

*** SACO PARA BEBÊ / BABY SAC : saco de soft, tipo um cobertor, que o bebê fica apenas com os bracinhos e cabecinha para fora.

Body: é um tipo de camiseta com calcinha de malha (como aqueles usados para fazer ginástica ou ballet), fechada com botões (já vi tb de velcro) entre as pernas do bebê. Muito prático na hora de trocar as fraldas. É um “collant”

Culotes: calças de malha que podem ou não ter pés. Como bebês crescem rápido, a versão sem pé, usadas com meias, duram mais tempo.

Toalhas-fralda: feitas do tecido da fralda, são colocadas entre o bebê e a toalha para protegê-lo após o banho.

Kit de higiene: conjunto com potes e garrafa térmica para guardar água, algodão, pomadas etc. Devem ficar sempre à mão já que, em geral, serão usados a cada troca de fralda.

Protetor de berço: amparo de espuma encapada, colocado nas laterais do berço para evitar que o bebê se machuque.

Cueiro: tecido de flanela que serve para enrolar a criança. Mais comum nos enxovais de antigamente. Hoje em dia, as mantas de diversos tecidos (algodão, plush, lã) cumprem a função.

Fraldas de boca: como diz o nome, são usadas para limpar a boquinha do bebê. Mais bonitas que as grandes, mas nem sempre dão conta.

Para as compras da internet:

Roupa de cama:

Knit = mantinha

Crib = cercado, berço (“Crib set”: conjunto de protetor de berço, edredon, etc.)

Sheet = lençol

Blanket = cobertor, manta

Bodysuit = tip–top sem perninha

Pajamas = tip-top com perninha e pezinho

Crib set Pottery

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s