Os Primeiros Cuidados com o Bebê – por Gustavo Del Santo

Hoje, pela primeira vez na história do blog, venho publicar o texto de um convidado. Um leitor muito especial que me enviou este texto sobre “Os Primeiros cuidados com o Bebê”. Tenho certeza que as amigas grávidas e com recém-nascidos (que não são poucas, pois este ano teve um verdadeiro baby boom aqui em Porto Alegre!) vão aproveitar estas dicas! Espero que o Gustavo seja o primeiro de muitos, adoro receber visitas e comentários e mais ainda receber um post inteiro, falando sobre um tema tão legal!

Olá tudo bem? Meu nome é Gustavo Del Santo e sou redator da Tricae, um e-commerce infantil. Escrevo textos para o blog e para o site oficial da Tricae e adoro o meu trabalho. O contato com as crianças é fundamental para que qualquer indivíduo se torne uma pessoa melhor.

Hoje vim falar sobre os primeiros cuidados com o bebê. Quer conferir?

A gravidez é o início de uma nova etapa para os papais e um começo para a criança que virá ao mundo. Neste momento, a mamãe precisa começar a entender o universo infantil e a providenciar o enxoval do bebê. Roupinhas, o berço, o bebê conforto e todos os outros itens do enxoval devem ser providenciados para a espera do grande dia. Contudo, o maior trabalho de todos não começa aí, já que depois que a criança nasce a mamãe precisa saber todos os cuidados que precisará tomar com o bebê para que ele cresça saudável e feliz.

Logo depois do parto os pais já começam a ter dúvidas em relação aos cuidados com o bebê. Como e quando amamentar, quantas vezes ao dia devem dar banho, quais são as roupinhas ideais para cada situação e assim por diante. São tantos questionamentos que fica até difícil saber por onde começar. Por isso, o mais indicado é que as mamães consultem um pediatra o quanto antes, de preferência alguém conhecido da família ou de amigos. Lá, ele examinará o recém-nascido e poderá auxiliar os pais nessa jornada tão difícil. Afinal, todos os papais e mamães procuram o melhor para as crianças e, por isso, é super torturante não saber se você está fazendo tudo o que pode para cuidar do seu pequeno.

A primeira semana do bebê em casa é a mais difícil, já que os pais ainda estão em fase de adaptação. É muito interessante que o recém-nascido durma no mesmo cômodo dos pais para que todos fiquem mais seguros e tranquilos. Assim, vocês poderão supervisionar a criança melhor e dar toda a atenção que o seu filho precisa. Lembrando que o recém-nascido precisa dormir dentro do berço para descansar em segurança. Não é nada aconselhável colocar a criança na cama dos pais, já que eles podem cair no sono e, ao se mexer durante a noite, podem machucar o bebê.

A amamentação também é um ponto muito importante a ser observado. O recém-nascido precisa ser alimentado de três em três horas, até durante a madrugada. Depois que o bebê crescer um pouco, você já pode deixá-lo em jejum durante a noite. Geralmente, as mamães amamentam as 21h, colocam o bebê para dormir e voltam a amamentá-los as 5h. Mas, claro, é necessário ter acompanhamento de um pediatra, já que cada caso pode precisar de regras diferenciadas.

Por último e não menos importante, a hora do banho. Todo o cuidado do mundo é pouco para que o bebê não sofra nenhum acidente. Procure deixar os itens necessários à mão, como toalhinha, sabonete, xampu, cotonetes e algodões. A banheirinha para bebê também é essencial! Em seguida, segure a cabeça da criança – no começo, eles ainda não tem a sustentação suficiente da cabeça – e, com muito cuidado, lave todas as regiões.

As primeiras dicas dos cuidados com o bebê já foram dadas, mas um filho infelizmente não vem com manual de instrução. É uma longa jornada que exige dedicação e muito, mas muito amor. Aos poucos, você ficará mais seguro em relação à forma que cuida das crianças, mas sempre existirá aquela dúvida: será que eu estou fazendo da melhor forma possível? Tente, se esforce e aproveite cada segundo ao lado dos pequenos. Eles serão eternamente gratos por todos os seus gestos de amor.

Espero que tenham gostado do texto e que aproveitem muito a maternidade!

Um beijo, com carinho, Gustavo.

 

Oínnnn!

Oínnnn!

Como resistir a essas dobrinhas?

Como resistir a essas dobrinhas?

Deixe um comentário

Arquivado em Recém-nascidos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s