A melhor cena de beijo de todos os tempos

Pedro versão ET - O Extraterrestre

Com a chegada do Pedro eu estou fazendo uma verdadeira volta a infância. Os que me conhecem melhor dizem que na realidade de lá eu nunca saí!

Assim, como parte dessa função de volta a infância, eu adquiri o DVD de um filme que na minha opinião é um dos mais fantásticos que já foram feitos: ET – O Extraterrestre. E, apesar de ter visto inúmeras vezes antes, foi a primeira vez que eu reparei na cena de beijo mais fofa de todos os tempos que está justamente nesse filme!

O garoto Elliot escondia o ET em sua casa e sentia os mesmos sentimentos dele. Então ele sai para ir a escola e o ET fica em casa sozinho e, num pequeno espaço de tempo, aprende muitas coisas. Adivinhem como? Vendo TV e bebendo cerveja! Pois é, não é lendo Shakespeare que o ET aprende não! É na frente da TV com latinhas de Coors que encontra na geladeira.

Enquanto o ET está em casa vivendo suas aventuras em frente a TV, o menino na escola assiste uma aula chatíssima de Biologia na qual o professor está ensinando a dissecar sapos (arrgh!!!) e, embriagado pela cerveja que o ET bebeu, começa a soltar os sapos! Só aí a cena já é linda.

Então começa um verdadeiro rebuliço em sala de aula, os sapos fugindo e as criança correndo e, no meio da confusão – concomitantemente ao momento em que o ET vê uma linda cena de beijo num filme antigo na TV – ele puxa uma colega e repete a cena! Só que, diferentemente do ator do filme, ele é baixinho e a guria alta! Mas nosso herói não se aperta, pega um colega que está se arrastando no chão, usa ele de escadinha e tasca um beijaço na guria!

No final da cena, enquanto as crianças continuam libertando os sapos, Elliot sai levado pelo professor e a menina fica olhando para ele apaixonadamente. A gente não vê o rosto da menina, apenas os pés. Mas só pelo jeitinho que ela torce o pezinho para o lado já dá para imaginar a paixão! Lindo demais!

E aí começam os violinos tocando de forma suave a música tema: tam-tam-tam-tam-tam-tam-tam-tammmm… tam-tam-tam-tam-tam-tam-tam-tammmm…

Reza a lenda familiar que quando o filme estreiou minha mãe me levou para ver 14 (catorze!) vezes!!! Não tenho memória o suficiente para confirmar se é verdade. Mas lembro bem que durante anos eu fui completamente apaixonada pelo pequeno ET e tudo que era relacionado ao filme. É uma das lembranças mais presentes que eu tenho da minha infância. Isto fez todo sentido para eu não ter ligado a mínima para o beijo na época, o ano era 1982 e eu tinha 6 anos!

Naquela época o que mais me chamava atenção eram as bicicletas! Queria muito e enchi o saco dos meus pais até ganhar uma daquelas bicicletas Monark BMX, pois achava iguais as dos guris do filme. Demorou uns bons anos para eu ter a idade e o tamanho que meus pais consideraram adequado para me dar aquele brinquedo “radical” e, quando finalmente ganhei, tive uma grande decepção: ela não voava!!!

Deixe um comentário

Arquivado em Cenas de Filmes, Filmes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s