Arquivo da tag: A Galinha Pintadinha

A Galinha Pintadinha Fantástica e Global vs. A Galinha Pintadinha tosca e igualmente cara

Gente! O pessoal tá indignado com a falcatruagem da Galinha Pintadinha apresentada aqui em Porto Alegre! Ainda mais depois do que foi visto domingo no Fantástico, “o show da vida”, a “verdadeira” Pintadinha!

Galinha Pintadinha vira hit entre crianças e inspira musical infantil – Link para a reportagem: http://tinyurl.com/7jr99bz

Sem dúvidas, o que foi mostrado no programa é uma produção bem superior tanto em termos de música, quanto de fantasias, coreografias e cenário. Pesquisei e descobri o seguinte: o de lá é “original” e o que está em cartaz em Porto Alegre é “inspirado”, apresentado por um grupo formado por atores de Recife que  fazem parte da Companhia de Teatro Metha Produções Artísticas e “já  fizeram grandes produções como: A Turma do Pica Pau, Bob Esponja, Ben 10  e outros clássicos do desenho animado”.  Resumindo de uma forma exagerada: o show apresentado no Rio, com a platéia lotada de bebês globais, é Broadway e o apresentado aqui é tosco!

A minha “opinião pessoal” continua sendo a mesma: para o público alvo – crianças de 0 a 3 anos de idade – não faz a menor diferença. Além disso, as coreografias apresentadas aqui parecem bem mais fáceis de aprender para fazer em casa (eu disse que eram melhores que a dancinha do Michel Teló, não disse que eram boas!!!). A “verdadeira verdade” é que a Família Poliana aqui adorou o programa e certamente, se tivermos oportunidade, veremos o “original” também para tirar a teima! Pelo que vi no Fantástico, a Pintadinha ainda vai nos assombrar por mais um tempo, já que o Pedro recém fez um ano.

Mas…. a grande sacanagem é o preço! Aí a indignação se justifica. Você pode ver a peça original no Rio por 70 pila e a cópia aqui é 80. Ahh, e a mesma versão apresentada aqui foi apresentada na Bahia por 60 pila. Mas a Bahia é mais perto… A verdade é que ganhei os ingressos e na hora não me liguei da careza da coisa, portanto se você leu o post de ontem e se entusiasmou vá, mas não venha reclamar que não avisei sobre a falta de originalidade!

BOA DICA DO DIA

Antes de encerrar gostaria de dar uma dica de CD realmente bom e cuja qualidade musical é – na minha humilde opinião – superior às Galinhas Pintadinhas (original e tosca) e tem basicamente as mesmas músicas. É o CD “Cantigas de Roda” do Hélio Ziskind que você pode comprar no Submarino por 24 pila e 90 cents ou baixar na Apple Store por 9,99 dólares (http://itunes.apple.com/us/album/cantigas-de-roda/id299581289). E tem também o CD “Trem Maluco” que é a “Galinha Pintadinha 2″ dele.

A história desse CD não é tão “high tech” quanto a da Pintadinha, mas é muito fofa. Ele foi criado para uma maternidade e era enviado para os nenês lá nascidos quando completavam um ano de idade, com a idéia de que fosse algo bom para os pais cantarem para os filhos (aí é que está a diferença: para os pais cantarem para os filhos, não para os pais largarem o filho na frente da TV, claro que a “Mamãe Abobadinha” amou a idéia). Também é algo bom para as crianças “pela sonoridade trabalhada com instrumentos acústicos”. Nas palavras do autor: “O CD começa com festa e acaba numa seqüência de ninar. A canção ‘Eu, um ano de sucesso’ é uma espécie de ‘parabéns a você’ para o aniversário de um ano. Eu gostei muito de fazer. Espero que vocês gostem de ouvir.”

Pois é, acho que a gente tem que ter a mente aberta e saber curtir a aproveitar nossas escolhas. Divirta-se. Passa num piscar de olhos!

Esta é a versão original! Cobicei os sapatinhos da Dona Baratinha, não são fofos?

Deixe um comentário

Arquivado em Hilário, Musical, Teatro

A Galinha Pintadinha, Pedruca, sua pouca idade, o “teatro” e os livros

Postei a foto do Pedro indo ao teatro no “Facebook” via “Instagram” e gerou polêmica, por incrível que pareça! Qualé a de levar ele ao teatro nessa idade? Será que aproveita? Não é um programa muito caro? Vale a pena? O nome do Pedro é Pedro Maurício?

Em primeiro lugar NÃO, o nome do Pedro é só e unicamente Pedro. Simples assim! Chega de nomes compostos na minha família, cheia de marias-alguma-coisa e guris com nomes duplos cuja integralidade só é pronunciada quando a coisa “está séria mesmo”! O “Pedro Maurício” foi uma brincadeira que postei porque vesti ele todo mauricinho! Coloquei até gel no cabelo e reparti para o lado, afinal a ocasião era muito especial: a primeira vez do pitoco no teatro!

Bom, quanto a peça, é o seguinte: “A Galinha Pintatinha”, personagem com a qual tenho uma relação de amor e ódio (vide o post http://malumaedopedro.wordpress.com/2011/10/30/a-galinha-pintadinha/ ) é uma ótima opção de peça para crianças da faixa etária do Pedro. Para os que não a conhecem basta acessar o YouTube que você vai achar milhares de vídeos. São desenhos animados com cantigas de roda e músicas de ninar que são os “clássicos” de qualquer infância: “Atirei o pau no gato”, “Se esta rua fosse minha” (minha predileta, acho linda demais!), “Dona Baratinha”, etc. etc. etc.

A versão “musical” da Pintadinha são os mesmos personagens do DVD cantando as mesmas músicas, todas coreografadas. Eu adorei, as coreagrafias deixam a dancinha do Michel Teló no chinelo e desde o show dos Stones que eu não ia num espetáculo no qual sabia cantar TODAS as músicas!!! A minha personagem “A Mamãe Abobadinha” estava em êxtase!

O mais importante: o Pedro amou, pois, naturalmente, também estava muito familiarizado com as músicas. Ele aguentou super bem a primeira hora do “show” sentadinho batendo palmas. Depois quis ir para o chão dançar (sim, ele faz uma dancinha e dá umas voltinhas em torno de si mesmo, é a coisa mais amada!) e, depois ainda, quis “passear” pelo teatro!!! Mas logo acabou e ele pode sair correndo como queria e, ainda, ver e tocar nos personagens! Sim, pois depois da peça eles saem do palco e vão tirar fotos com as crianças. É um barato!

A platéia é um espetáculo a parte. É a parte mais fofa, todos pequerruchos e bem empolgados! É a coisa mais querida de ver, mega bonitinho! Momento “óinnnn” absoluto!

Os preços são realmente salgados: 80 pila inteira e 40 pila para 2 a 12 anos, menores de 2 anos não pagam. O bom é que tem desconto do Clube do Assinante e aí fica metade do preço. Se seu filho é pequeninho e você tem vontade de levá-lo ao teatro, acho que é uma baita dica. Eu diria que na idade do Pedro (1 ano e 1 mês) não teria outra opção de “teatro” melhor que essa, pois teatro infantil ainda é um pouco cedo (acho eu). Mas preste atenção, se a criança que você quer levar já fala, pergunte a ela, pois os mais grandinhos torcem o nariz e consideram a Pintadinha, “coisa de nenê”!

Outra boa surpresa foi o Teatro do CIEE. Eu ainda não conhecia. É uma sala muito boa, com estacionamento no prédio (R$ 10) e a logística perfeita para quem vai com criança. E, de quebra, perto da minha casa. Estamos bem servidos de teatro e cinema aqui na minha zona, o que me deixa muito feliz.

Tudo sobre a peça está em:

http://wp.clicrbs.com.br/meufilho/2012/01/05/porto-alegre-recebe-peca-teatral-da-galinha-pintadinha/?topo=52,1,1,,165,e165

Os livros

Também quanto aos livros me perguntaram a mesma coisa, pois uso muito a Coleção Gato e Rato que diz “a partir de 3 anos”. E aí? O Pedro aproveita? Não é meio cedo?

Claro que nessa idade, não existe uma leitura propriamente, o que eu faço com o Pedro é quase um teatrinho, leio com entonação, fazendo diferentes barulhos para ele ir aos poucos se acostumando e os livrinhos dessa coleção são ótimos para isso. Por isso não se assuste se no “rótulo” disser “a partir de 3 anos”, pois garanto que se nossos pequenos sobrevivem à “Pintadinha” não ficarão assustados com algumas leituras criteriosamente escolhidas por você!

Por enquanto isso tem funcionado e entretido bastante (não apenas ele, mas eu também!). Daqui uns anos o guri provavelmente não vai mais achar graça na Mamãe Abobadinha, aí eu vou ter que me reinventar!

Sobre a coleção Gato e Rato: http://www.dobrasdaleitura.com/vitrine/200x/510mef.html

P.S. Fiquei sabendo pelos comentários no blog “Meu Filho” (ZH) que algumas mamães se indignaram porque a peça que está passando em Porto Alegre não é a Galinha Pintadinha original!!! Devem ser as mesmas que compraram ingressos para o Show do Abba e chegaram lá e era o “Abba Gold”, uma banda cover. Cá entre nós, menos, né? Eu não saberia diferenciar a “original” da “cover” e as crianças, menos ainda! Além disso, ninguém no mundo sabe quem são os verdadeiros autores dessas músicas! A adaptação de Cantigas de Roda já era feita por Villa-Lobos que tem versões lindas de ‘Terezinha de Jesus’, ‘Capelinha de Melão’, ‘A canoa Virou’, ‘O cravo e a rosa’ e ‘Cai, cai balão’, entre outras, que você pode buscar se procura algo mais erudito. Agora, aquilo que Pintadinha promete, ela cumpre perfeitamente. #prontofalei

Meu filho Pedro Maurício rumo ao teatrinho! 1a vez! @ Avenida Doutor Nilo Peçanha http://instagr.am/p/fMQlQ/

1 comentário

Arquivado em Livros, Lookbook do Pedro, Música, Musical, Teatro

A Galinha Pintadinha

“O pescoço da girafa tem um monte de pintinhas/E é por isso que a girafa é amiga da Galinha da Galinha Pintadinha…” Sim, simples assim, as duas têm pintinhas e por isso a amizade! Claro, pois não são justamente nossas afinidades que nos aproximam e nos tornam amigos?

Assim é a Galinha Pintadinha e nessa simplicidade que está o seu valor. A Galinha Pintadinha é um fenômeno que começou no You Tube e hoje já está presente em todas as casas brasileiras com crianças a partir de zero anos. Logo estará também nos demais lares do mundo falantes da língua espanhola (já está na rede a versão “en español”, é bem engraçada).

Aqui em casa não é diferente. O Pedro adora a Galinha Pintadinha (e o Galo Carijó…). E eu não posso negar que ela funciona! Nossa, como funciona! Eu particularmente acho uma droga perigosíssima, pois – como diz o Diego – é como o crack, vicia desde o primeiro contato.

Claro que eu adoro implicar com a Galinha Pintadinha. Mas isso é uma ironia forçada, bem forçada. Tenho que admitir que na tentativa de fazer rir eu às vezes forço a barra. O que eu realmente não gosto na Pintadinha são duas coisas: a música dos elefantes (quando passa do 3º elefante já me irrita demais!) e as imagens fortes (acho que os desenhos poderiam ser um pouco menos fortes, menos estridentes, sei lá, quem sabe uma Galinha Pintadinha tons pastéis? rsrs).

No entanto, falando sério, é importante que os pequenos tenham uma referência musical mais ampla. Mesmo porque tem muita coisa bacana que já foi e que está sendo produzida e que devemos proporcionar aos nossos pequenos. Para isso eu SÚUUUPER INDICO um artigo da Profe Paula sobre CDs infantis. Siga o link e divirta-se:

http://musicaperbambini.blogspot.com/2011/03/bons-cds-infantis.html

Há 3 CDs que ela indica que fazem bastante sucesso com o Pedro que são os da Arca de Noé (1 e 2) e dos Satimbancos. Acho que ele gosta desses também de tanto eu cantar, porque eu adorava quando criança e canto muito para ele. Acho que no fundo tudo que cantarmos para eles nessa idade eles vão amar, seja infantil ou não. Por isso vamos tentar levá-lo ao show do Roger Waters, quem sabe assim conseguimos pular o Cocoricocó e o Patatípatatá?

Ela me segue por toda a parte!

1 comentário

Arquivado em Música